Instituição

A Misericórdia da Batalha é uma Instituição Particular de Solidariedade Social, com estatutos registados no Instituto da Segurança Social, I.P, em 06/02/1987, no Livro das Irmandades das Misericórdias, sob o nº 10/87, fls. 58 verso e 59.

A sua origem remonta ao ano de 1714 e foi erigida de acordo com os preceitos da ordem canónica, com o objectivo de satisfazer carências sociais e praticar actos de culto católico, de harmonia com o seu espírito tradicional da doutrina e moral cristãs. A Irmandade da Misericórdia surge da confraria Nº Sra. da Vitória que datava de 1427. Em todo o seu historial não se dissociou daqueles princípios.

Actualmente, a Misericórdia desenvolve a sua actividade no âmbito da solidariedade social através das valências de Apoio Domiciliário, Centro de Dia/Convívio e ainda presta o fornecimento de alimentação para a rede Pública de Jardins de Infância e Escolas do 1º Ciclo de Ensino Básico do concelho da batalha. Para o efeito, dispõe de um Centro Comunitário, no centro da Vila da Batalha, que alberga a valência de Centro de Dia/Convívio.

A Instituição reactivou também as Cozinhas e a Lavandaria do Ex-Hospital Psiquiátrico das Brancas, onde confecciona as refeições e faz o tratamento de roupas dos beneficiários do Apoio Domiciliário e do Centro Hospitalar.

Sob os antecedentes do ex-Hospital Psiquiátrico das Brancas podemos dizer que parte do complexo de edifícios já foi utilizado como Estância Termal, extinta acerca de 40 anos. Cessada esta actividade, em 9 de Fevereiro de 1964, o Estado procedeu à sua aquisição através de despacho ministerial e cedeu a sua exploração ao até então Centro de Saúde Mental de Leiria. Tal decisão permitiu a inauguração dos edifícios em 5 de Julho de 1968 como Hospital Psiquiátrico, destinado a doentes mentais agudos, em regime aberto e com uma capacidade de alojamento para 60 utentes. Este Hospital funcionou regularmente durante 14 anos, até que pelo Decreto-Lei nº 127/92, a Unidade Psiquiátrica foi transferida para o Hospital Distrital de Santo André, em Leiria.

Esta desactivação veio incentivar a mobilização da Autarquia da Batalha que procedeu à sua aquisição para fins de utilidade social. Assim, em 30 de Outubro de 1998, o Secretário de Estado do Tesouro, através da Portaria nº 1175/98, cedeu o imóvel à autarquia para fins sociais, no âmbito da solidariedade social e da saúde, que por sua vez acordou e deliberou a sua passagem para a Irmandade da Santa Casa da Misericórdia da Batalha, através de protocolo celebrado a 16/09/2000.


Neste âmbito, foi inaugurado o Centro Hospitalar Nº Sra. da Conceição, a 17 de Novembro de 2007, projecto co-financiado através do programa Saúde XXI. Esta moderna infra-estrutura, dotada de equipamento de elevada tecnologia, tem um piso destinado, exclusivamente ao internamento hospitalar com capacidade para 45 Doentes, e restantes áreas afectas a uma Unidade de Imagiologia, um Centro de Medicina Física e de Reabilitação, para além de espaços destinados às Actividades Ocupacionais e Unidade de Dia e de Promoção de Autonomia e Consultas Externas.

No âmbito da Rede Nacional de Cuidados Continuados, foi assinado o acordo a 19 de Novembro de 2007, contratualizando 37 camas de internamento existentes, sendo 24 camas para a tipologia de Média Duração e de Reabilitação e 13 camas para a tipologia de Longa Duração e Manutenção. A partir do segundo mês de funcionamento, a taxa de ocupação situou-se acima dos 85 % e actualmente, regista uma ocupação acima dos 90%. A 14 de Junho de 2008, foi assinada a adenda ao primeiro acordo, para mais 5 camas de Média Duração, aumentando a capacidade de 24 para 29 camas.








Notícias
Convocatória Assembleia Geral Novembro 2017
ler mais